Pesquisar neste Blog

BAUXITA


A Bauxita ou bauxite é um mineral que ocorre naturalmente. A bauxita é um material heterogêneo, composto principalmente de um ou mais hidróxidos de alumínio, e várias misturas de sílica, óxido de ferro, dióxido de titânio, silicato de alumínio e outras impurezas em quantidades menores.

Os principais hidróxidos de alumínio achados em proporções variadas na bauxita são gibsita e os isômeros boemita e diásporo. A bauxita é classificada tipicamente de acordo com a aplicação comercial: abrasivos, cimento, produtos químicos, metalúrgicos e material refratário, entre outros.

A maior parte da extração mundial de bauxita (aproximadamente 85%) é usada como matéria-prima para a fabricação de alumina, por lixiviação química, método conhecido como processo Bayer. Subseqüentemente, a maioria da alumina produzida deste processo de refinamento é, por sua vez, empregada como o matéria-prima para a produção de alumínio metálico pela redução eletrolítica da alumina em um banho de criolita natural ou sintética fundida (Na3AlF6), método conhecido como processo Hall-Héroult.

Bauxita é a matéria-prima mais usada na produção de alumina em escala comercial. Outras matérias-primas, como anortosito, alunita, rejeitos de carvão, e óleo de xisto, oferecem fontes potenciais adicionais de alumina. Embora pudessem requerer tecnologia nova, a alumina destes materiais não-bauxiticos poderia satisfazer a demanda para metal primário, refractários, substâncias químicas de alumínio, e abrasivos. Mulita sintética é produzida de cianita e silimanita, substitutos para refratários bauxiticos. Embora mais caros, carbeto de silício e alumina-zirconia substituem abrasivos bauxiticos.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fontes: pt.wikipedia.com
nautilus.fis.uc.pt