Pesquisar neste Blog

CÁDMIO


O cádmio é um metal branco azulado, dúctil e maleável. Pode-se cortá-lo facilmente com uma faca. Em alguns aspectos é similar ao zinco.
A toxicidade que apresenta é similar a do mercúrio; possivelmente se liga a resíduos de cisteína. A metalotioneina, que apresenta resíduos de cisteína, se liga seletivamente com o cádmio.
Seu estado de oxidação mais comum é o +2. Pode apresentar o estado de oxidação +1, mas que é muito instável.

História

O cádmio foi descoberto, em 1817, por F. Strohmeyer, professor de metalurgia em Goettingen, na Alemanha. Strohmeyer fazia experiências com carbonato de zinco quando descobriu que o aquecimento deste composto dava origem a um material cuja cor era amarela em vez de branca. Após um estudo mais pormenorizado, concluiu que o responsável pela alteração da cor do material era o óxido de um elemento até então desconhecido. Separou então um pouco deste óxido metálico, por precipitação com sulfureto de hidrogênio, e seguidamente isolou o metal. Strohmeyer chamou cádmio a este elemento pelo fato de ter sido extraído de cadmia, o termo para o minério calamite, rico em carbonato de zinco.
Simultaneamente o investigador K. S. Hermann, isolou o sulfureto de um elemento que não soube identificar, a partir de um outro minério de zinco. Enviou-o a Strohmeyer, que o identificou como sendo o recém descoberto cádmio.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fontes: pt.wikipedia.com
nautilus.fis.uc.pt