Pesquisar neste Blog

ESMERALDA


Esmeralda é uma variedade do mineral berilo (Be3Al2(SiO3)6), a mais nobre desse grupo. Outras pedras do grupo do berilo são a água-marinha a morganite e o próprio berilo. Sua cor verde é devida à presença de quantidades mínimas de crômio e às vezes vanádio. É altamente apreciada como gema e onça por onça é a pedra mais valiosa no mundo, perdendo algum desse valor frequentemente devido às inclusões que ocorrem em todas as esmeraldas, porém são essas inclusões que podem determinar se a gema é verdadeira. Tem dureza de 7.5 - 8.0 pontos na Escala de Mohs de dureza, no entanto esta dureza pode ser bastante reduzida dependendo do número e tamanho das inclusões numa determinada pedra. As principais jazidas de esmeraldas são colombianas e pode ser encontrada também no Brasil e no Zimbábue. Sua transparência é de transparente a opaca, mas apenas as variedades mais preciosas são transparentes. A etimologia da palavra "esmeralda" pode provir de duas origens:
do grego "smaragdos"
do hindu antigo, de significado "pedra verde"
A esmeralda é extremamente sensível a pancadas fortes, riscos e mudanças de temperatura repentinas.

História

Acreditava-se que as esmeraldas serviam para adivinhar eventos futuros, mas não sabemos se as visões eram realmente observadas na pedra, como são em esferas de cristal ou berilo, ou se uma esmeralda dotava o usuário de conhecimentos sobre o futuro.
Como uma inimiga, de todos os encantamentos e conjurações, as esmeraldas eram temidas pelos mágicos, que não se consideravam aptos a atuar se uma pedra estivesse nas proximidades.
As esmeraldas eram empregadas como antídoto para venenos e feridas, assim como contra possessões demoníacas. Usadas ao redor do pescoço eram vistas como um fator de cura para a epilepsia.
No século III, a pedra preciosa era sugerida para a vista cansada. Esta teoria era tão prevalecente naquele tempo, que os gravadores de pedra conservavam esmeraldas em suas mesas de trabalho de modo a poder, de tempos em tempos, olhar para elas para aliviar a fadiga dos olhos.
A tradição medieval dizia que o Santo Graal fora esculpido a partir de uma única esmeralda grande, que caíra da coroa de Satanás durante a sua descida do céu para o mundo inferior.
Dizia-se que a Esmeralda fazia mal aos olhos das cobras, chegando até a cegá-las.
Uma das peça mais fabulosas de Esmeralda, é um pequeno frasco de unção, de 12 cm de altura e 2.205 quilates, talhado de um único cristal de esmeralda, pertencente às jóias da Câmara do Tesouro de Viena.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fontes: pt.wikipedia.com
nautilus.fis.uc.pt