Pesquisar neste Blog

GÁS NEON


É o segundo gás nobre mais leve, apresentando um poder de refrigeração, por unidade de volume, 40 vezes maior que o do hélio líquido e três vezes maior que o do hidrogênio líquido. Na maioria das aplicações, o uso de néon líquido é mais econômico que o do hélio.
Peso atómico: 20,183 uma
Ponto de ebulição: 27.1 K (–246 °C)
Ponto de fusão: 24,56 K (–248,6 °C)
Densidade: 1,20 g/ml (1,204 g/cm3 a –246 °C)

Aplicações

Tubo de neonO tom roxo-alaranjado da luz emitida pelos tubos de néon é usado profusamente para a fabricação de indicadores publicitários. Também recebem a denominação de tubos de néon outros de cores distintas que, na realidade, contêm gases diferentes.

Outros usos do néon são:

Indicadores de alta voltagem.
Tubos de televisão.
Junto com o hélio é empregado para a obtenção de um tipo de laser.
O néon líquido é comercializado como refrigerante criogénico.

História

O néon ( do grego néos = novo ) foi descoberto pelos químicos britânicos William Ramsay e Morris Travers em 1898. Foi inicialmente isolado como um componente de fração volátil do argônio cru liquefeito. Obtido pelo ar, o neônio foi imediatamente reconhecido como um novo elemento devido a sua singular incandescência quando eletricamente estimulado.


Abundância e obtenção

O néon se encontra usualmente na forma de gás monoatômico. A atmosfera terrestre contém 15,4 ppm, sendo obtido em escala industrial pela destilação fracionada do ar. O processo se baseia no resfriamento do ar e destilação do líquido criogênico resultante

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fontes: pt.wikipedia.com
nautilus.fis.uc.pt