Pesquisar neste Blog

METAL


Um metal, assim como qualquer outra substância ou matéria, é formado por elementos químicos sendo geralmente descrito como um aglomerado de átomos com caráter metálico em que os elétrons da camada de valência fluem livremente. Os metais são um dos três grupos dos elementos distinguidos por suas propriedades de ionização e de ligação, junto com metalóides e não-metais. Na tabela periódica, a linha diagonal entre o dúteis e maleáveis, tem geralmente um alto ponto de fusão, são geralmente duros, de cor amarelada, e conduzem electricidade e calor. Tem estas propriedades principalmente porque cada átomo exerce somente uma fraca atração nos elétrons mais externos (elétron de valência); assim, os elétrons de valência formam um tipo de nuvem em torno dos átomos (teoria de bandas). A maioria dos metais são quimicamente estáveis, com a exceção notável dos metais alcalinos e alcalino-terrosos, encontrados nas duas primeiras colunas da esquerda da tabela periódica.

Características metalúrgicas

Condutibilidade: térmica, elétrica;
Ductibilidade: capacidade de ser transformada em fios;
Maleabilidade: ser maleável, e ter a capacidade de ser transformado em uma lâmina;
Elasticidade: ser esticado e voltar ao normal;
Tenacidade: resistência à tração;
Ponto de fusão e ponto de ebulição altos;
Possuem 1 a 3 elétrons na última camada.

Cristalografia e metalografia

Os metais apresentam grande diversidade de propriedades físicas e químicas, conforme a pressão, temperatura e outras variáveis. Além disso, um mesmo elemento pode apresentar diferentes tipos de mecanismos e estruturas de cristalização, o que também lhe altera as características. Geralmente, os metais apresentam ordenação cristalina simples, com alto nível de aglutinação atômica (o que implica alta densidade) e numerosos elementos de simetria. No que se refere às combinações, apresentam forte tendência a não formar compostos entre si, mas têm afinidade por elementos não metálicos como o oxigênio e o enxofre, com os quais formam, respectivamente, óxidos e sulfetos.
O tamanho, forma e disposição das partículas metálicas, especificados pela metalografia, são fundamentais para o reconhecimento das propriedades físicas que determinam a plasticidade, resistência a tração, dureza e outras propriedades do material. Esses fatores podem ser alterados por tratamentos térmicos (ciclos de aquecimento e resfriamento controlados) ou mecânicos (forjamento, trefilação, laminação, etc.).

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fontes: pt.wikipedia.com
nautilus.fis.uc.pt