Pesquisar neste Blog

Barco-submarino





Um barco virado de cabeça para baixo. Assim pode ser definido o “semisubmarino” Ego, projetado pela fabricante sul-coreana Raonhaje, que roubou a cena na Miami Boat Show deste ano. Em vez de uma cabine acima da linha d’água, o Ego possui cockpit todo em acrílico transparente, localizado entre dois cascos flutuantes, debaixo d’água. Sendo assim, faz com que seus ocupantes – até duas pessoas por vez – possam "navegar" tanto acima, como abaixo da superfície. Usado geralmente em grandes aquários, o material escolhido para revestir a cápsula é duzentas vezes mais resistente do que um vidro convencional e garante perfeita visibilidade. Além da forma exótica, o semisubmarino também tem um sistema de propulsão diferente do convencional. Com duas hélices, uma em cada casco, ele conta com doze baterias elétricas para se mover por até quatro horas com uma carga completa (que demora cerca de oito horas para carregar). A velocidade máxima não passa dos 5 nós (cerca de 9 km/h). Outro diferencial do Ego é a maneira de dirigi-lo. Em vez de uma alavanca de aceleração, comum em todos os barcos, a embarcação conta com acelerador em pedal, como o de um carro convencional. Por isso não é necessário nenhum treinamento específico para comandá-lo. Na cabine, além dos comandos principais, como volante e acelerador, pode-se encontrar display LCD para monitoramento da carga da bateria, dois rádios VHF, profundímetro digital, bússola e relógio. A empresa disponibiliza o semisubmarino em sete cores, mas só divulga seu preço para quem estiver realmente muito interessado.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fontes: pt.wikipedia.com
nautilus.fis.uc.pt